Informação sobre emprego, dinheiro e economia em geral, mediante a sua caracterização e conjuntura envolvente.

Como Calcular o Valor da Indemnização se for Despedido

0

Foi despedido? Tem dificuldade e curiosidade sobre como calcular o valor da indemnização que vai receber depois de perder o seu emprego e ser despedido? Por determinações da troika o governo Português, impôs reduções nos valores a serem pagos em caso de despedimento aos trabalhadores afetados por esta fatalidade. Este tipo de alterações nada populares veio trazer a confusão e dúvidas sobre esta medida nas indemnizações por justa causa.

Leia também:Insolvência o que deve saber

Factos concretos para calcular o valor da indemnização;

  • Contratos de trabalho anteriores a 31 de Outubro de 2012, o funcionário vai ter direito a 30 dias por cada ano de trabalho.
  • Quando os contratos de trabalho foram redigidos entre 1 de Novembro de 2012 e 30 de Setembro de 2013, o valor de indemnização será de 20 dias por cada ano de trabalho efectivo mas imposto um máximo de 10 anos de antiguidade na empresa.
  • Se o trabalhador for contratado depois de 1 de Outubro de 2013, dá direito a uma redução compensatória de 18 e 12 dias respectivamente.
  • Existe assim lugar a compensação a correspondente a 18 dias de salário por cada ano de trabalho nos três primeiros anos e 12 dias nos anos seguintes.
  • Assim sendo foi determinado também que existe um máximo para retribuição mensal, que serve de cálculo determinando as compensações.
  • A existência de um teto de até 9.700 euros, que são 20 vezes a sua retribuição mensal mínima.

Leia também: Quais os motivos para ser despedido

A Autoridade das Condições do Trabalho, ACT, dando seguimento às determinações governamentais disponibiliza um simulador para deste modo ajudar todos aqueles que se vêm nas circunstâncias de serem despedidos.

Aqui fica o “simulador para calcular o valor das indemnizações

Este simulador faz o calculo da compensação dos anos que o trabalhador este ao serviço e também as importâncias devidas referentes a subsídios de férias e natal. De salientar que este simulador não faz as contas a importâncias que, eventualmente sejam devidas à segurança social e às finanças.

Leia também: Fundo de garantia salarial

Não perca a oportunidade de assim aproveitar e beneficiar destas orientações sobre como calcular o valor da indemnização se for despedido. Transmita-nos as suas opiniões! Partilhe este artigo, ou deixe um comentário, sobre como calcular o valor da indemnização se for despedido.

Deixar Resposta