Informação sobre emprego, dinheiro e economia em geral, mediante a sua caracterização e conjuntura envolvente.

Tabelas Retenção Fonte IRS

0

Tabelas retenção fonte IRS o governo acaba de publicar as novas tabelas de retenção na fonte, que serão aplicadas no pagamento dos salários. Desta forma as empresas que tenham os salários a processar, terão de fazer os devidos acertos nos salários dos funcionários até ao próximo mês. Estas tabelas retenção fonte IRS que permitirão aos trabalhadores dependentes, funcionários públicos e pensionistas saber quanto vão ter de pagar mensalmente ao estado.

Podem ser consultadas as novas tabelas de retenção na fonte IRS

De referir o grande aumento de impostos reflectido, que serão alvo também de duodécimos de parte do subsídio de férias e de natal. Nas empresas do sector privado que já tenham os salários a processar, e não tenham tempo de descontar estas taxas de IRS nos salários, vão ser objecto de acerto salarial no mês de Fevereiro. O Ministério das Finanças afirma que a parte dos subsídios de férias e de natal alvo de duodécimos, vão ser sujeitos a tributação autónoma, não sendo adicionados ao restante rendimento.

Leia também: Simulador IRS

Vamos então a exemplos práticos;

Um casal dois titulares e com um filho, que só receba 12 salários em 2013 e que tenha um salário bruto de 2.000 euros, vai ter uma taxa de retenção na fonte de 23,5%. Ou seja, ser-lhe-ão descontados 470 euros a título de IRS.

Um trabalhador solteiro e sem filhos, que só receba 12 salários em 2013 e que tenha um salário bruto de 1.000 euros, vai ter uma taxa de retenção na fonte de 13,5%. Ou seja, vão ser descontados 135 euros a título de IRS.

Leia também: IRS escalões

Não perca a oportunidade de assim aproveitar e beneficiar destas orientações sobre tabelas retenção fonte IRS. Transmita-nos as suas opiniões! Partilhe este artigo ou deixe um comentário sobre a sua experiência, sobre tabelas retenção fonte IRS.

Veja Também:

Deixar Resposta