Importar da China para Revender

1

Importar da China, para depois vender e assim gerar mais dinheiro é uma ideia de negócio, muito atual, sendo assim muito lucrativo. Não é novidade nenhuma que os produtos Asiáticos têm preços imbatíveis, matérias-primas acessíveis, custo da mão-de-obra e apoios estatais. Desta forma as oportunidades são imensas e a possibilidade de fazer a importar da China  produtos e depois coloca-los à venda.

Estes negócios são altamente lucrativos, exemplos são inúmeros mas as coisas podem ser bem simples, possibilitando a muita gente ganhar bom dinheiro, comprando directamente aos fornecedores de mercadorias. Quer ver como é fácil, pesquise na internet pelo produto que deseja que vai logo achar vários sites de venda com valores muito convidativos. Empreendedorismo é coisa que não falta a estes vendedores para colocar tudo a funcionar, comprar, recepcionar, colocar à venda, vender e entregar aos clientes, sobre este assunto também pode ver aqui o artigo sobre Drop Shipping.

importar da China para revender

Já foi abordado aqui no Emprego Dinheiro, outros temas relacionados, que podem ser consultados nestes artigos abaixo;

Ideias de negócios

Mercados emergentes

Muitas pessoas tem aversão a produtos Chineses devido à sua qualidade e neste negócio devido a ser tudo via online, mas o ideal é começar por comprar pequenas encomendas de valor reduzido e depois ir aumentando, podendo até se justificar deslocações para controlo de qualidade e quantidades. É conveniente informar-se dos direitos alfandegários e fiscais. Sobre os produtos de maior procura e que nutrem mais simpatias são os ligados a produtos tecnológicos, ou ligados às novas tecnologias, mas os mais tradicionais também são uma boa possibilidade.

– Mas então onde comprar e importar da China?

Ebay

Considerado o maior site do mundo de leilões, estando sujeito às contingências dos leilões, além de as pesquisas não serem fáceis. Pode optar por licitar pequenas quantidades ou nos negócios de valor fixo.

Alibaba

Aqui existe de tudo a listagem é bastante extensa, é permitido contato direto como os fornecedores, mas não apresenta os preços, deve investigar, aqui os produtos não são só Chineses mas um pouco de todo o continente Asiático.

DealExtreme

Site recente mas muito intuitivo, facilmente visíveis os preços dos produtos, o transporte e descontos se optar por comprar mais quantidade. Privilegia os produtos electrónicos e detém uma secção de produtos para adultos.

– E como se processa isto tudo?

  • Efetua a compra nestes sites, utilizando pagamento por Paypal ou com cartão de crédito
  • Recepciona o artigo em sua casa, pelos correios ou através de uma transportadora
  • Depois coloca à venda num site criado para o efeito ou em sites de classificados
  • Efetua a venda e expede os produtos
  • Pode optar por investir o lucro na compra de mais produtos

Isto representa os passos a seguir via internet, mas existe sempre a possibilidade de deter um espaço considerado físico, para venda de mercadorias importadas. Como nota final importa referir que esta atividade pode ser bastante concorrencial, mas convém informar-se sobre determinados nichos de mercado com potencial de crescimento e que ainda não estão explorados, sendo verdadeiros negócios da China!

Não perca a oportunidade de assim aproveitar e beneficiar de todas as potencialidades oferecidas pela importação de produtos, em outros mercados por preços competitivos. Transmita-nos as suas opiniões! E se já comercializa produtos online, e importa da China, deixe um comentário, sobre a sua experiência.

Veja Também:

1 Comentário

  1. Flaviano Costa Diz

    au acho um negócio muito promissor, agora para quem está interessado mesmo nesse negócio eu aconselho a comprar a mercadoria e depois que tiver a mercadoria em mãos poder revender para seus cliente, existem muitas pessoas trabalhando com o sitema drop ship que consite em pegar a foto dos fornecedores e postar em sites como mercado livre para vender, e o fornecedor entrega diretamente para o seu client, e você fica com o lucro, só que pode acontece de você vender a mercadoria e o seu fornecedor não ter ela mais, aí corre os risco de você perder o seu cliente, por isso na minha opinião é melhor comprar depois que tiver a mercadoria anunciar no mercado livre ou na sua loja online, assi você poderá garantir a entrega, e criando credibilidade na internet.

Deixar Resposta