mercados

Índices Bolsistas



Índices bolsistas podem ser classificados de diversas formas. Neste artigo é analisado como se classificam os  pela sua abrangência, segundo a metodologia de construção da forma de ponderação dos títulos e pela forma de cálculo da rentabilidade.Basicamente podemos ter índices bolsistas de base alargada que reflectem o movimento do conjunto de preços no mercado ou índices bolsistas especializados que se concentram em sectores específicos do mercado. Observe-se o caso dos índices bolsistas éticos, índices especializados que apenas incluem empresas que satisfazem determinados critérios ecológicos e sociais (ambiente, condições de trabalho, segurança dos produtos, relações com as comunidades onde se inserem, direitos humanos).

índices bolsistas

Obviamente, estes índices bolsistas contemplam uma dimensão subjectiva.De acordo com esta classificação temos índices bolsistas ponderados pelo preço, em que o preço de cada acção do título é o que é considerado no valor do índice bolsista, pelo que o peso de cada acção no índice bolsista é proporcional ao seu preço. Por exemplo, um título com um preço de €200 terá um peso dez vezes superior ao de outro que é cotado a €20. Um índice bolsista destes apresenta o risco da sua evolução não retratar com exactidão a evolução do valor de mercado quando as empresas têm os títulos cotados a preços inferiores: determinada variação no preço de uma acção com elevadas cotações influencia o índice bolsista mais fortemente do que a mesma variação de preço numa acção com cotações baixas. No entanto, podem-se observar índices bolsistas ponderados pela capitalização bolsista em que o peso de cada acção nos índices bolsistas é ponderado pelo valor total de mercado das suas acções, o que introduz a dimensão da empresa como factor relevante: uma pequena variação no preço de acções de grandes companhias tem um impacto maior sobre índices bolsistas do que uma grande variação de preço numa pequena empresa. Por fim, podemos ter índices bolsistas ponderados pelo número de títulos em que a ponderação do preço dos títulos é feita relativamente ao seu número em vez de o ser em relação ao seu valor.Normalmente é feita uma crítica ao índice ponderado pela capitalização bolsista. Apesar da moderna teoria do portfolio considerar que a estratégia óptima para o investidor é possuir o portfolio de mercado, testes empíricos mostram que estes índices bolsistas não são eficientes. Logo, a sua utilização não constitui necessariamente a melhor estratégia. Eles conduzem a estratégias que seguem uma tendência, o que é incompatível com combinações óptimas de risco/rentabilidade esperados. A capitalização bolsista é aparentemente a que melhor reflecte o comportamento do mercado, mas uma grande empresa pode estar com um comportamento anormal ao resto do mercado e isso se reflectir sobre índices bolsistas.Sendo assim podemos ter índices bolsistas Full Capitalization, que são índices que ponderam as acções pela capitalização total das acções, ou seja, pelo valor de mercado; Índices Float Adjusted que são índices bolsistas que ponderam as acções pela capitalização bolsista apenas das acções que estão disponíveis para negociação em vez da quantidade total de acções; e Índices bolsistas Equal Weight segundo os quais todas as acções têm a mesma ponderação.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *