Depósitos Verso Rendimento

0

depósitos verso rendimentoDepósitos verso rendimento, nesta conjuntura política e económica os depósitos não são a forma mais rápida e eficaz ao alcance dos investidores para conseguirem multiplicar o valor das suas poupanças. Mas para muitos investidores conservadores, os depósitos são o investimento com o qual se sentem mais confortáveis. A boa notícia é que estes investidores podem beneficiar neste momento de taxas de juro bastante atrativas nestas aplicações. A crise da dívida soberana e os problemas de liquidez estão a levar os bancos a subirem a remuneração dos depósitos verso rendimento para captarem mais recursos de clientes.

 Além destes depósitos tradicionais há também no mercado depósitos de taxa crescente com remunerações atrativas. Além dos depósitos, os investidores que privilegiam os produtos de capital garantido têm ainda ao seu dispor os certificados do tesouro. Estes produtos do estado estão a oferecer um juro bruto anual de 7,1% a quem mantenha o dinheiro aplicado por um período de dez anos. No entanto, convém ressalvar que apesar de ser um produto com garantia de capital, os certificados do tesouro têm riscos associados a crise da dívida soberana.

Para os investidores que queiram ter uma carteira de investimentos diversificada em termos de regiões, sectores e classes de ativos, os fundos de investimentos poderão ser uma opção a ter em conta para ajudar a crescer o seu dinheiro. Têm a vantagem de serem geridos por equipas profissionais e de exigirem montantes mínimos de investimento não muito elevados. Historicamente, as ações são a classe de ativos que permitiu ganhos médios anuais mais elevados. No entanto, como se trata de um ativo de risco, as ações não são aconselhadas a todos os tipos de investidores. Encontrar os títulos mais corretos para investir, pode não ser tarefa fácil, tendo em conta claro também, o perfil de cada investidor.

Veja Também:

Deixar Resposta